quarta-feira, abril 15, 2009

Aconteceu comigo…

Antes eu já tinha visto e apenas respeitava os que praticavam ou os que simpatizavam. Nunca tive vontade pois tinha medo do preconceito. Eu tinha vários amigos que curtiam e defendiam a situação. Eu sempre acompanhava de longe.

Na época da faculdade foi quando tive mais oportunidades. Cheguei a pensar em participar (se é que essa seja a palavra adequada), mas me senti pressionado pelos meus amigos. No vestiário, sempre zombavam de quem era daquele grupo.

Daí, com a maturidade, comecei a entender que aquele grupo fazia aquilo apenas por prazer e que não era uma opção. Desde pequeno eles já gostavam.

Então, agora, com 28 anos de idade, tenho que admitir mas quero primeiro me justificar. Primeiro: comecei porque acabou sendo a única opção. Segundo: estou me divertindo muito. Terceiro: é um preconceito falar sem conhecer.

Portanto, caros colegas, hoje, dia 15 de abril de 2009, torno público: eu estou treinando voleibol.

Lembro-me de um colega que dizia que preferia ser negro do que jogador de voleibol, porque ser negro não precisava falar para a mãe.

Mas, é sério. Eu não tinha outra opção. Quer dizer, na verdade, no horário que eu tinha disponível para prática esportiva, eu podia ir para o jiu-jips, pro Karatê e pra Capoeira. Minha frouxura me mandou para o voleibol.

3 Comments:

At segunda-feira, abril 20, 2009 12:29:00 PM, Blogger Sofia said...

Hehehehehe
É um bom esporte, com o tempo você acostuma. =)

 
At quinta-feira, abril 23, 2009 9:52:00 AM, Anonymous Anônimo said...

Faça o teste do Farinha!

 
At quinta-feira, abril 23, 2009 3:01:00 PM, Blogger Daniel Farinha said...

Qual o teste do Farinha?? Qual o meu teste??

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home